sábado, 27 de setembro de 2008

Resumo da 1° sessão...

Buenas!


Bem para variar um pouco, temos um grupo bem "comum" na mesa: Temos um humano curandeiro (que nunca lembra de curar...), um Swashbuckler (isso mesmo!) que não tem qualquer pericia social, um goblin mago anão e para finalizar um anão feio com gigantismo.

Após terem sido apresentados no meio do caminho a um anão não muito simpatico (será que isso é um pleonasmo?!), que tinha por passatempo bater nos outros, e que se escalou para acompanhar o grupo tivemos os seguintes acontecimentos:

No 1° dia de viagem ao "tentarem" acampar, nosso querido curandeiro não conseguiu "armar a barraca" e teve que se contentar com o buraco de uma árvore (tá sei que ficou ambiguo, mas era essa a intenção), e todos tiveram que se entocar em algum canto, já que ninguem alem do curandeiro tinha saco de dormir ou barraca.
No meio da noite após serem atacados por uma jibóia nosso querido globin se aproveitou da coitada e assou a cobra, cortou em fatias e gaudou para comer a cobra aos poucos durante a viagem. Nosso Swashbuckler(swash para os intimos), ficou com receio de aceitar a cobra oferecida pelo goblin, mas comeu mesmo assim. Quando todos estavam finalmente dormindo tranquilamente nosso querido Swash (que havia dormido embriagado ABRAÇADO A UMA LAMPARINA) começou a pegar fogo, enquanto o globin adimirava o fogo e o curandeiro tirava um sarro dele. Após descobrir que uma lamparina não é uma coisa boa de se abraçar ao termino de uma noite, e totalmente sem roupas, e com algumas cicatrizes nosso Swash, junto com os outros foram dormir.

Mais um dia de viagem e após quase levarem mais uma pisa de 2 "manticoras" (que eram "apenas" 2 onças com um rabo de 3 mestros com uma maça na ponta - isso mesmo uma massa), sendo que a única esperta era azarada e amputou a propria pata, conseguiriam chegar inteiros a vila.

Na vila após vasculharem (e pilharem comida e dinheiro) resolveram vasculhar atras de pistas, quando acharam um tipo de catedral/templo que estava involto de magia negra. Sons de tambores hipnotizaram os 2 guerreiros do grupo e enquanto nosso curandeiro estava preocupado em acordar os mesmos, não percebeu que o grupo tinha cido cercado por scaravelhos.
Após quase terem sido mortos por criaturas que causavam 1 de dano (blz tou sacaneando depois conto com detalhes :P) e tinham força 1, tiveram que fugir utilizando uma estratégia, muito inteligente, de teleportar todos para fora.

Após uma crise de desespero do curandeiro do grupo que queria sair desesperadamente da vila, resolveram ficar em uma das casas abandonadas.

Contudo, o mistério continua e ainda nem chegaram perto de descobrir.....


HAHAHAHAHAHAHAHAHA (risada maligna!)

2 comentários:

  1. O curandeiro não esqueceu de curar, o mestre e o swash apelões é que passaram uns 3 turnos olhando tabelas e não disseram a ele (um novato no sistema) que ele já podia agir.

    ResponderExcluir